Negócio próprio ou franquia. Qual o melhor empreendimento?

negócio próprio ou franquia

Muitas vezes, com as novas ideias em abrir um negócio próprio ou franquia  aparecem alguns receios e dúvidas, como: devo investir em um negócio próprio ou franquia? Se você já trabalha no mesmo setor há anos, tem vasta experiência no ramo e um espírito empreendedor chegou a hora de entender um pouco mais sobre isso.

Você se encontra nesse impasse? Então, você está no lugar certo! Este texto foi elaborado especialmente para você que quer ser dono do próprio negócio e ainda tem algumas dúvidas sobre como fazer o seu investimento. Portanto, leia o post e dê mais um passo para tornar-se um empresário de sucesso!

Por que investir no empreendimento certo é fundamental para o sucesso?

A dedicação de tempo, a elaboração de um plano de negócio, a realização de pesquisas de mercado e o dispêndio de recursos financeiros são alguns requisitos para abrir uma companhia. O que poucas pessoas sabem é que isso não basta para atingir o sucesso. Para ser um empresário bem-sucedido é preciso, antes de tudo, escolher um empreendimento compatível com seu perfil.

As possibilidades são inúmeras. Você pode abrir sua própria empresa, comprar uma companhia já existente, investir em um negócio próprio ou franquia, até mesmo, começar uma sociedade. Assim, é essencial buscar informação antes de investir, de maneira a entender o seu perfil de investidor.

Para isso, basta definir quais são suas prioridades. Por exemplo: é mais importante para você ter autonomia ou obter um suporte do franqueador? Você prefere um lucro maior daqui a alguns anos ou um lucro menor no curto prazo?

Quais as principais diferenças entre um negócio próprio ou franquia?

Franquia

Ao obter uma franquia, você investe em um modelo de negócio pronto que pode ser menos flexível do que um empreendimento próprio. No entanto, você terá suporte, conhecimento de mercado e uma marca estabelecida no setor. Além disso, você fará parte de uma rede de empresários que compartilham das suas dificuldades e necessidades — o que pode ser um grande diferencial competitivo!

Optar por uma franquia é indicado para pessoas que querem ter um investimento seguro e obter ajuda durante todo o processo. É importante ressaltar que, para isso, você não precisa abrir mão da sua autonomia, pois você ainda será o responsável pela gestão da sua empresa.

A grande diferença é que você vai ter no franqueado um parceiro à sua disposição e ele vai poder proporcionar a você várias vantagens. Para exemplificar, imagine que você queira investir no segmento ótico e tenha escolhido uma determinada franquia.

Suponha que o franqueado seja conveniado com os melhores laboratórios do país, sendo eles os responsáveis pela fabricação das lentes. Por meio dos convênios, você poderia obter uma grande economia de custos se comparado às possibilidades que teria enquanto dono de uma ótica própria. Dessa forma, você poderia oferecer um preço mais competitivo para os clientes. Interessante, não é?

Negócio próprio

Nesse tipo de empreendimento, você tem a possibilidade de começar uma empresa do zero, cuidando de cada detalhe. Outra vantagem é que você não precisa dividir o lucro.

Como desvantagens, estão a falta de conhecimento sobre o mercado e o fato da marca ser desconhecida. Além disso, o ROI (Retorno sobre Investimento) costuma ser mais demorado. Se você quer ter total autonomia sobre o seu negócio, tem segurança para gerir a empresa e sabe como se diferenciar dos concorrentes, o negócio próprio pode ser a escolha ideal para você.

Para planejar e lançar uma nova empresa, não se esqueça de tomar cuidado redobrado com o seu orçamento e o planejamento financeiro. Afinal, o gasto inicial pode ser bem elevado.

Por fim, lembre-se de que quando a questão é empreender, não existe certo e errado, mas sim um tipo de empreendimento mais adequado ao seu perfil. Então, para responder à pergunta que fizemos no início do texto — devo investir em um negócio próprio ou franquia? —, pergunte-se o que é mais compatível com suas expectativas.

Se você já trabalha no segmento ótico, já deve ter ideias valiosas para sua empresa, não é? Ainda assim, que tal aprofundar mais um pouco seus conhecimentos sobre esse setor? Leia este texto e fique por dentro das tendências do mercado de óculos no Brasil!

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.