Circular de Oferta de Franquia: vale a pena estudar antes do contrato?

Mercado de Franquias

Written by:

Se você está pensando em abrir uma franquia, é importante saber que, nesse processo, existem alguns documentos muito importantes para garantir uma relação transparente entre franqueado e franqueador — e também para que esse tipo de investimento proporcione os lucros que deseja. Provavelmente, o primeiro com o qual você deverá se deparar é com a Circular de Oferta de Franquia.

A seguir, explicaremos do que se trata a Circular de Oferta de Franquia, qual a função do documento na sua relação com a empresa franqueadora, além de mostrar os pontos que precisam ser estudados com mais atenção. Confira!

A função da Circular de Oferta de Franquia

A Circular de Oferta de Franquia, também conhecida como COF, é um documento previsto na Lei de Franquias, que explica ao interessado diversas informações relativas ao modelo de negócios desenvolvido pela empresa franqueadora.

Desse modo, a COF versa desde assuntos como o histórico e o desenvolvimento da marca até os requisitos que precisam ser cumpridos na abertura de uma franquia e os deveres de cada parte do contrato.

Com isso, o documento tem como principal função apresentar ao interessado tudo o que ele precisa saber para analisar se o modelo de negócios praticado pela marca está adequado ao seu capital e se atende às suas expectativas.

Os principais pontos para observar na COF

Não é à toa que há um intervalo obrigatório entre a entrega da COF e a assinatura do contrato. Essa é uma medida presente na Lei de Franquias com o intuito de evitar que qualquer negócio dessa natureza seja fechado por impulso, sem uma análise prévia por parte do franqueado. Sendo assim, ao ter uma COF em mãos, estude-a bastante!

Veja alguns dos principais pontos que você deve conferir:

Atividades a serem desempenhadas pelo franqueado

Em primeiro lugar, é muito importante ter em mente quais são as atividades relacionadas à franquia que estarão sob a sua responsabilidade. A partir delas, é possível ter uma ideia mais clara de como será sua rotina de trabalho enquanto franqueado, além de avaliar se você tem a expertise necessária para administrar o negócio.

Suporte e acompanhamento da empresa franqueadora

Também é possível encontrar na COF informações mais detalhadas sobre o tipo de suporte que o franqueador se compromete a oferecer.

Tenha em mente que você estará se apropriando de um modelo de negócios testado anteriormente. Então, nada mais justo que o contrato preveja que a sua atuação como franqueado conte com o apoio de profissionais que direcionarão a sua franquia para o sucesso.

Investimento necessário e taxas

Por último, mas não menos importante: é fundamental que você considere as especificações relacionadas à localização, à estrutura e às taxas que serão cobradas pelo franqueador. Afinal, todo esse custo precisa ser compatível com o capital disponível para investir, bem como às suas expectativas de rentabilidade com o negócio.

Ainda que esses sejam os pontos mais importantes, não deixe de ler a Circular de Oferta de Franquia por completo, de preferência com o auxílio de um advogado. Faça o possível também para conversar com outros franqueados e conhecer a experiência que eles tiveram com a marca.

Tem mais dúvidas sobre a importância e a função da Circular de Oferta de Franquia? Entre em contato conosco para saná-las e também conhecer o nosso modelo de negócios!

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.