Já pensou em montar uma ótica? Veja os benefícios!

Mercado de Óticas

Written by:

Somos um país de empreendedores: o brasileiro é empreendedor por natureza. Se você está lendo este post é porque você já pensou em empreender, e uma de suas possibilidades seria montar uma ótica em sua cidade ou região, correto?

Com este artigo, queremos mostrar um pouco desse excelente mercado e por que hoje temos cada dia mais pessoas investindo nesse segmento, mesmo tendo muitas óticas tradicionais por aí, sendo elas redes ou, até mesmo, regionais.

As óticas estão em um setor em constante expansão. Com a chegada de novas tecnologias e produtos especializados no mercado, elas promovem um mercado em constante expansão e atualização, assim, gerando grandes movimentações financeiras.

Se você já pensou em ter seu próprio negócio, saiba agora por que montar uma ótica pode ser sua melhor escolha. Confira!

Mercado em crescimento no Brasil

Para você que está pensando em montar uma ótica, vamos começar pelos números do mercado óptico no Brasil: ele dobrou de tamanho nos últimos 4 anos e prevê um crescimento de 72% para 2019. Já o faturamento em 2016 chegou a 17 bilhões de reais, segundo a Abióptica, a mais representativa instituição do segmento.

Do número de brasileiros que necessitam usar óculos hoje, dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) são de 104 milhões — quase 50% da população. Desse enorme contingente, apenas 36 milhões conseguem ter acesso à informação de que realmente precisam da correção com o uso de óculos e que o utilizam. Ou seja, os outros 68 milhões (quase o dobro dos que usam hoje) não têm conhecimento sobre isso. Só isso por si só já torna o mercado gigantesco!

Redes de óticas, como a Mercadão dos Óculos, vêm democratizando esse mercado, com parcerias com grandes fabricantes de lentes, fomentando, assim, o atendimento de classes como a C e D, viabilizando produtos de qualidade, design, variedade e preço justo e modificando completamente o cenário das cidades e regiões.

Tecnologia para os olhos

Seguindo o mesmo avanço de cada dia mais pessoas precisarem usar óculos, o mercado do setor vem evoluindo com tecnologias cada vez mais modernas e que vêm de encontro com as necessidades dos clientes. Grandes fabricantes mundiais de lentes, como Hoya, Zeiss e Essilor, têm avançado nesse sentido e oferecido novas tecnologias e novidades.

Da fabricante francesa Essilor, existem marcas bem-conhecidas do público, como Kodak, Varilux e Transitions — esta última possui a famosa tecnologia de escurecer a lente em ambientes claros —, pelas suas massivas publicidades nacionais.

Com o advento dessas tecnologias para os  tratamentos de lentes de óculos de grau, elas vão evoluindo para atender a demandas novas, como a superexposição às telas que emitem luz azul (computadores, celulares, televisão), que têm causado em toda a população mundial um uso cada vez maior de óculos. Com isso, gera-se um mercado que estará sempre em crescimento e desenvolvimento de novas tecnologias.

Saúde aliada à moda

Nos últimos anos, o uso de óculos passou por uma transformação bem radical. Com a modernização industrial, as armações de óculos ganharam novas cores, novos modelos e estilos, dando o título de acessório aos óculos. Assim, eles deixaram de ser usados apenas como lentes corretivas e viraram sinônimo de charme e sofisticação. E isso vale tanto para os solares quanto os óculos de grau. Acabou a era do “quatro olho”, e seu uso se tornou símbolo de beleza!

Quando se compra um óculos hoje, as prioridades são necessidade, leitura, trabalho e moda. É como se um item, que antes tinha um conceito de atender a uma questão estritamente médica, passasse a ser usado e até procurado por pessoas que não precisam de qualquer correção. Já os solares ganharam um campo ainda maior com a divulgação maciça dos efeitos nocivos UVA e UVB para os olhos.

Os óculos de grau vieram nessa mesma tendência, trazendo o estilo e o design dos solares para os rostos dos brasileiros, tornando-os um acessório de moda. A saúde segue atendida, sim, mas não mais passando despercebidos as tendências, as cores e os estilos particulares impressos na escolha da armação.

Além disso, cresce o número de brasileiros que passaram a usar um tipo de armação para cada ocasião, fazendo-os procurar cada vez mais as óticas para atualizar seu “guarda-roupa”.

Qualidade e preço em primeiro lugar

O que se procura hoje é um óculos bom, que atenda às necessidades médicas, tenha qualidade e estilo e que, acima de tudo, fique dentro da proposta custo-benefício. Ou seja, deve caber no bolso de todas as classes e atender a todas as expectativas. O momento de recessão econômica que assolou o país nos últimos três anos confirma ainda mais essa tendência de busca por itens de qualidade e com preço justo.

Além disso, o consumidor está muito mais bem-informado, procurando sempre saber o que está levando para sua casa, seja por meio de uma pesquisa prévia na internet ou da busca por informações com outras pessoas que já usam óculos. Ele já não faz questão da grife, pois prefere ter um item com valor agregado bom, ou seja, o melhor custo-benefício possível e, de quebra, que tenha o estilo e o design que procura.

Além disso, cada dia mais o cliente busca auto-serviço, opções e variedades. Antigamente, havia padrões de óculos, armações e usava-se apenas aqueles modelos. Hoje já existem pessoas com padrões próprios de uso, e alinhar esse padrão atendendo à saúde e, também, ao bolso continuará sendo a tendência dos próximos anos.

Óticas em rede de franquias

Há uma história e muito a contextualizar nas últimas décadas sobre as óticas no Brasil e também muitos estilos, desde as mais tradicionais até as óticas de varejo. Todas essas tendências e mudanças nos últimos anos também atingiram o modelo de negócio e facilitaram as formas de iniciá-lo.

Podemos comparar esse histórico com o mercado de farmácias: dificilmente você vê uma farmácia, principalmente em grandes centros ou avenidas da cidade, ser aberta sem fazer parte de uma rede regional ou, até mesmo, nacional — muitas como franquias.

Esse movimento vem ganhando cada vez mais força também dentro das óticas. Hoje, 30% das lojas de óculos de todo o Brasil estão em redes; e os outros 70% ainda estão no modelo individual. Dessa forma, as poucas redes vêm mudando o mercado mundial.

Além disso, essas redes fazem amplo trabalho de divulgação, que ganhou ainda mais força com o advento do Marketing Digital, sem contar as ações já somadas via marketing tradicional.

Nem todos empresários vêm conseguindo acompanhar esse movimento. Temos percebido a cada dia mais óticas que buscam a conversão de bandeira para essas redes, e também empresários que concebem empreender e analisam essa possibilidade de se tornar um franqueado.

Como exemplo, vemos que o mercado de franchising do Brasil é um dos maiores do mundo, e as óticas vêm fazendo crescer cada vez mais essa demanda.

Motivos para montar uma ótica

A chegada de franquias de óticas, como a Mercadão dos Óculos, trouxe um novo modelo para aqueles que buscam montar uma ótica. Ela consegue oferecer ao público valores muito mais em conta, devido às negociações nacionais com os maiores fabricantes do mundo. Além disso, apresentam produtos com tecnologia, qualidades e preço baixo, direcionando seus produtos para a maior fatia da população no país.

Montar uma franquia óptica é mais fácil do que você imagina. Veja!

Escolha um excelente ponto

O primeiro passo é escolher um excelente ponto comercial. Lembre-se de que parte do sucesso de sua empresa está diretamente ligado ao local escolhido. Assim, fique atento a alguns detalhes fundamentais, como: se há movimento de público-alvo naquela região, se o imóvel é de fácil acesso e tem boa visibilidade de fachada, se a região é segura etc.

Foque na divulgação

A propaganda segue sendo a alma do negócio. Por isso, invista na divulgação de seus produtos. Se necessário, contrate uma equipe ou agência para cuidar dessa área para você, já que eles poderão fazer um trabalho profissional, identificando seu público-alvo e realizando ações mais focadas. Dessa forma, você terá um melhor retorno sobre o investimento gasto com publicidade.

Selecione uma boa franqueadora

Pesquise o mercado e verifique qual franquia apresenta os melhores produtos com os melhores preços. Como já citamos, o mercado óptico no Brasil é gigante e tem como público preferencial pessoas das classes C e D. Então, de nada adianta você abrir uma ótica focada no público A e B, quando a maior parcela do mercado está numa faixa salarial abaixo. É claro que eles procurarão aquelas que oferecem um produto de qualidade e com preço mais em conta.

Treine a equipe

Tenha uma equipe treinada para oferecer sempre todas as informações que seu cliente necessitar. A vantagem das franquias é que elas já oferecem todo o treinamento necessário para que o atendimento seja feito sempre da melhor forma possível.

Ofereça uma ótima estrutura

Tenha um espaço com ótima estrutura e equipamentos para atender os clientes. Essa primeira impressão pode ser fundamental para fidelizar a clientela e, até mesmo, ampliar seu ticket médio. Uma das vantagens de se optar por uma franquia está no modelo de negócio e layout que ela oferece, usando conceitos já testados e aprovados pelo público. O resultado é o menor investimento nessa área até encontrar o ponto ideal.

Então, se você está pensando em montar sua ótica, nossos números estão aí. A Mercadão dos Óculos conta com uma diretoria com mais de 40 anos de experiência no ramo óptico, equipe com mais de 15 anos em franchising, operação na área há três anos e mais de 190 franquias em todo o país.

Agora que você já sabe como montar uma ótica, entre em contato agora mesmo com a Mercadão dos Óculos e seja um franqueado de sucesso!

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.