Loja de shopping x loja de rua: onde devo abrir minha franquia?

Campanhas e Promoções

Written by:

Quem vai abrir uma franquia, geralmente, fica com uma dúvida na cabeça: loja de rua ou loja de shopping? São escolhas que podem representar o sucesso ou não do seu negócio, principalmente levando em conta o público-alvo e a área de atuação.

Com o objetivo de auxiliá-lo nessa empreitada, elaboramos este post com um comparativo entre as duas opções, demonstrando os prós e contras. Venha com a gente e acerte na sua franquia!

Quais as principais diferenças entre loja de rua e loja de shopping?

No momento de escolher entre uma loja de rua ou de shopping, o primeiro pensamento que deve vir à sua mente é sobre o ramo de atuação da sua franquia. No caso de uma ótica, por exemplo, a dica é sempre priorizar o comércio de rua.

Isso porque as óticas de shopping, normalmente, são mais caras e têm um público segmentado, enquanto na cidade atendem a um número bem maior de clientes. Além disso, podem ficar em áreas já conhecidas do ramo, como esquinas ou ruas características. No quesito diferenças, existem vários fatores que influenciam na escolha, como mostraremos a seguir.

Custos

Escolher uma loja de shopping é sinônimo de um alto investimento. Você deve ter um grande capital de giro e uma quantia suficiente para suportar inúmeros custos. Isso porque existe a luva, os aluguéis são mais caros, fora as taxas de condomínio, de segurança, de campanhas publicitárias e afins.

Já em uma loja de rua, os gastos serão bem menores, desde o aluguel aos funcionários. Afinal, você se responsabilizará pela segurança, pela limpeza do estabelecimento e pelo conforto dos clientes. Enfim, a necessidade de capital é bem menor em comparação a um shopping.

Assim, você poderá ganhar competitividade ao praticar preços mais acessíveis, além de ter liberdade para decorar a sua loja. Já nos shoppings, existem regras internas quanto ao layout das fachadas, o que também encarece ainda mais o seu investimento.

Relacionamento com o cliente

Frequentemente, as pessoas têm o hábito de ir ao centro das cidades para resolver inúmeras pendências, principalmente aos sábados. Trata-se de um comportamento comum que estreita o relacionamento com os clientes.

No comércio, a interação com o público é maior, principalmente se o seu ponto estiver em uma rua bem movimentada ou em um calçadão. Com isso, o vínculo será bem mais próximo, podendo refletir no aumento das vendas e na fidelização dos clientes.

Estacionamento

Trata-se de um ponto favorável aos shoppings centers. No entanto, as altas taxas também afastam pessoas de determinadas faixas econômicas. No caso da loja de rua, a dica é você escolher um ponto que seja próximo de estacionamentos ou que conte com uma área para os clientes estacionarem.

Concorrência

Dentro de um shopping, a concorrência será bem maior. Isso porque existem várias lojas dos mesmos ramos disputando os clientes que passam pelos corredores.

Dessa maneira, a loja de rua é mais vantajosa. Apesar de sempre ser um desafio, as facilidades existentes nos menores custos contribui com que a disputa pelos clientes seja menor no comércio de rua.

Portanto, como você observou em nosso post, abrir um negócio necessita de vários estudos e muito planejamento. No caso de uma franquia de ótica, vale a pena sempre ficar de olho em uma loja de rua, em vez de uma loja de shopping, evitando muitos transtornos que podem até representar a sua falência em menos de cinco anos após a abertura do negócio.

E você, ficou com alguma dúvida? Então, deixe aqui o seu comentário e participe da reflexão conosco!

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.